9.1.09

_ah, como era bom

não quero saber se faz sol ou chove
se vou ficar enfurnado ou lá fora
todo aquele lamaçal me comove
trás benção me aflora
a paixão que tenho pelo trovão

pego minha bola de baixo da escada
chuto com precisão
acerto a janela da minha vizinha
preciso correr, não dá pra pedir perdão

ah, como era bom...
juntar toda a turma
fazendo bagunça
um futebol de rua -
passa carro pra lá, passa carro pra cá -
tirando sorriso das meninas no intervalo
batendo bafo e jogando pião
ah, como era bom...

era menino travesso
sempre fui pau torto, desde o berço
mamãe já dizia, esse aí nasceu pra folia
vai dar trabalho carregado por más notícias
tadinha da santíssima

não tinha conta do mercado pra pagar
nem tanta sacola pra carregar
eu era filho, agora sou pai
só me falta cabelo branco - xô satanás!
tô velho, passou o meu tempo
queria brincar, não dá
vou ficar aqui chupando o dedo

ah, como era bom...
juntar toda a turma
fazendo bagunça
um futebol de rua -
passa carro pra lá, passa carro pra cá -
tirando sorriso das meninas no intervalo
batendo bafo e jogando pião
ah, como era bom...

Um comentário:

Igor disse...

Não viva de saudosismo Gus...lembre que o que era bom fica sempre melhor na memória que o ajuda no futuro!